fbpx
WhatsApp
+
Mensagem Enviada com sucesso
QUERO QUE ENTREM EM CONTATO Preencha os campos abaixo com seus dados

    É médico?

    Selecione a(s) especialidade(s)







    **consulte condições de compra do mês vigente

    DURAÇÃO: 10 meses 10 encontros presenciais mensais + 1 EAD
    CARGA HORÁRIA: 360 horas
    UNIDADE:
    TURMA:
    DURAÇÃO: 10 meses 10 encontros presenciais mensais + 1 EAD
    CARGA HORÁRIA: 360 horas
    TURMA:

    O QUE ESPERAR DO CURSO

    Ao final do curso o médico terá adquirido profundo conhecimento teórico em histeroscopia, conhecendo em detalhes o funcionamento dos instrumentais, indicações, contraindicações e limites do procedimento. Além disso, terá desenvolvido a habilidade para realizar um completo exame histeroscópico diagnóstico e capacidade cirúrgica para resolução ambulatorial de inúmeras patologias cervicais e intrauterinas. Dominará, por fim, as burocracias para realizar o procedimento ambulatorial

    A QUEM SE DESTINA

    Ginecologistas e Obstetras

    COMO FUNCIONA O CURSO

    Faça Pós-Graduação com a qualidade em uma instituição NOTA MÁXIMA NO MEC

     

     

    CONHECIMENTO ALINHADO ÀS MELHORES PRÁTICAS DO MERCADO

     

     

    Sabia que entre 70 e 80% dos casos de patologias intrauterinas podem ser tratadas em seu próprio consultório? Com a aplicação da histeroscopia cirúrgica ambulatorial esses problemas podem ser corrigidos assim que detectados, trazem menor custo ao médico e à paciente (uma diminuição de cerca de 80% no valor final), além de reduzir substancialmente os riscos de complicações (cujas taxas são de apenas 1% nesse tipo de procedimento).

    Poucos ginecologistas brasileiros hoje estão adequadamente habilitados para aplicar esta técnica. Para conseguir tratar condições como pólipos, miomas, sinéquias, adenomioses superficiais, retirada de corpo estranho, remoção de restos placentários, septos uterinos e outras malformações sem anestesia e sem ocasionar desconforto à paciente é preciso que o médico tenha um longo treinamento na área. Até mesmo o material utilizado deve ser bem escolhido e manuseado, buscando instrumentais com o menor calibre possível.

    “O que estudos na área mostram é que o profissional em histeroscopia precisa de uma excelente técnica cirúrgica aliada à habilidade de deixar a paciente tranquila, pois sua ansiedade é o principal fator que atrapalha a técnica”, considera o ginecologista Dr. Tácito Augusto Godoy da Silva. Pensando nisso, o Cetrus, juntamente ao Dr. Tácito, oferece uma Pós-Graduação em Histeroscopia Cirúrgica Ambulatorial, em que o aluno terá a oportunidade de aprimorar sua técnica, aprendendo a forma certa de entrar no colo do útero, como não realizar movimentos bruscos dentro do útero, entre outras habilidades importantes, além de ter a oportunidade de realizar atendimentos hands-on nas pacientes de nossa Clínica Escola.

    Conteúdo programático
    conteúdo programático do curso

    Módulo 1: Introdução teórica e prática a Histeroscopia diagnóstica e ambulatorial

    Fisiologia do ciclo menstrual e a visão histeroscópica do endométrio
    Introdução a histeroscopia ambulatorial e instrumental
    Limpeza, desinfecção, esterilização e manejo do instrumental

    Módulo 2: Patologias de baixa complexidade (pólipos, biópsias, etc) e conhecimento burocrático inicial

    Diagnóstico histeroscópico das patologias cervicais e intrauterinas
    Montando seu set de histeroscopia. O que é realmente necessário?
    Burocracias e estruturação de um serviço de histeroscopia ambulatorial (parte 1)

    Módulo 3: Utilização de energia no consultório e manejo da dor e da estenose de colo

    Eletrocirurgia no consultório: O que pode ser utilizado?
    Manejo da dor na Histeroscopia ambulatorial
    Manejo da estenose de colo uterino

    Módulo 4: Histeroscopia na pós-menopausa: Aplicações e papel da histeroscopia ambulatorial

    Avaliação do endométrio na pós-menopausa
    Histeroscopia na pós-menopausa
    Histeroscopia x câncer de endométrio

    Módulo 5: Aperfeiçoamento de técnica histeroscópica com "tips and tricks" e manejo de DIU

    Técnica histeroscópica e aplicação prática em procedimentos de baixa complexidade
    Tips and tricks em histeroscopia ambulatorial
    Manejo de dispositivos intrauterinos por histeroscopia

    Módulo 6: Patologias uterinas de média e alta complexidade em histeroscopia

    Patologias uterinas e procedimentos de média e alta complexidade: pólipo endometrial, restos placentários, sinéquias, adenomiose
    Tratamento da síndrome de Asherman

    Módulo 7: Tratamento ambulatorial de Miomas Submucosos

    Miomas submucosos na histeroscopia ambulatorial
    Enucleação pré-operatória ambulatorial de miomas OPENInm
    Cirurgia em 2 tempos: Quando e como indicar?

    Módulo 8: Histeroscopia ambulatorial na sub/infertilidade e malformações uterinas

    Aplicação da histeroscopia ambulatorial na infertilidade
    Tratamento histeroscópico das malformações uterinas
    Istmocele: tratamentos por histeroscopia

    Módulo 9: Novas tecnologias em histeroscopia ambulatorial e aprofundamento burocrático na cirurgia ambulatorial (licenças, ANVISA, convênios)

    Novas tecnologias em Histeroscopia Ambulatorial
    Burocracias e estruturação de um serviço de histeroscopia ambulatorial (parte 2)
    Introdução à histeroscopia cirúrgica: Material, indicações e contraindicações

    Módulo 10: Histeroscopia cirúrgica com ressectoscópio de 26Fr

    Meios de distensão e complicações em Histeroscopia Cirúrgica.
    Tema livre: Mesa de discussão

    Módulo 11

    Iniciação Científica

    diferenciais
    Primeira Pós-Graduação do Brasil

    Hoje não há curso semelhante no país

    Elevada prática hands-on

    Elevada carga de atividades práticas em pacientes reais sob supervisão, com a realização e acompanhamento de um grande número de exames

    Prática de procedimentos cirúrgicos

    Serão realizados procedimentos histeroscópicos cirúrgicos em ambiente ambulatorial semelhante ao ambiente da prática clínica do aluno, reproduzindo exatamente a realidade com a qual o mesmo irá se deparar após o término do curso

    Incorporação da técnica em seu consultório

    Possibilidade de aprendizado sobre toda a parte burocrática de um consultório de histeroscopia

    Atualização teórica

    Discussão de casos, guidelines e artigos científicos ao longo de todo o curso enriquecendo ainda mais a experiência prática, fora o conteúdo teórico extremamente completo e atualizado

    Coordenação

    Tácito Augusto Godoy Silva

    Ver Curriculum