Área do Aluno


- Massas Anexiais e IOTA (online)

R$ 950,00
em até 10 x de 95,00



Ao final do curso, o aluno deverá ser capaz de colocar na prática clínica diária a sistemática completa do grupo IOTA sobre as imagens anexiais, incluindo descrição, classificação, avaliação do risco de malignidade e reconhecer os principais diagnósticos diferenciais.

Imagens anexiais são extremamente frequentes durante a vida reprodutiva da mulher. Na maior parte das vezes representam cistos funcionais e doenças benignas. Por outro lado o câncer de ovário faz diagnóstico diferencial com estas imagens e seu reconhecimento permite o encaminhamento para centros especializados, melhorando a sobrevida destas mulheres.

A avaliação das imagens anexiais deve obedecer uma sequência lógica, que permita diferenciar os cistos funcionais, tumores benignos, endometrioma, das imagens de alto risco para malignidade, sem deixar de lado os principais diagnósticos diferenciais, que incluem as doenças não ginecológicas.

Este curso aborda de maneira detalhada o raciocínio que deve ser realizado para a avaliação das massas anexiais e também toda a sistemática do grupo IOTA, por meio de videoaulas objetivas e didáticas, que permitem otimizar o aprendizado sobre aquele tópico, casos clínicos, perguntas e respostas, artigos científicos e links interessantes.

 

MÓDULO 1 - Conhecendo o Modelo IOTA

Objetivos Específicos:
- Entender a relevância do grupo IOTA na literatura.
- Adquirir o conhecimento do modelo IOTA para descrever e classificar as massas anexiais.

 

Descrição do Conteúdo:
Videoaula 1: Iniciando o curso, apresentação do professor e temas que serão abordados no curso.
Vídeoaula 2: História e fases do grupo IOTA - Objetivos iniciais do grupo IOTA, autores principais e divisão macro das diferentes etapas das pesquisas já publicadas.
Videoaula 3: Descritores - Abordagem de todos os descritores para as massas anexiais, incluindo a definição de septo, componente sólido, tipos de conteúdo, ascite, Doppler e como realizar as medidas das massas anexiais.
Videoaula 4: Classificação - Explicação detalhada da classificação IOTA para as massas anexiais.


MÓDULO 2 - Avaliação do Risco de Malignidade

Objetivos Específicos:
- Conhecer a importância da definição do risco de malignidade para as massas anexiais.
- Aprender a avaliar o risco de malignidade das massas anexiais utilizando diferentes modelos de avaliação de risco.

 

Descrição do Conteúdo:
Videoaula 1: Conceitos fundamentais e avaliação do risco de malignidade - Conceitos fundamentais sobre a incidência do câncer de ovário, mortalidade, estadiamento e fatores prognósticos Importância da definição do risco da malignidade para a definição da estratégia de tratamento para as pacientes com massas anexiais.
Videoaula 2: Regras simples - Aprender os critérios de malignidade e benignidade dos tumores anexiais e como aplicar as regras simples do grupo IOTA para avaliação do risco de malignidade.
Videoaula 3: Índice do risco de malignidade - Conhecer o modelo mais antigo para a estimativa de definição do risco de malignidade.
Videoaula 4: Modelos matemáticos - Conhecer os modelos matemáticos LR1, LR2 e ADNEX para avaliação do risco de malignidade.
Videoaula 5: Qual modelo utilizar - Comparação estatística dos resultados ente os modelos de avaliação do risco de malignidade e definição de quais modelos utilizar na prática clínica.

 

MÓDULO 3 - Diagnósticos objetivos das imagens anexiais e diagnósticos diferenciais

Objetivos Específicos:
- Reconhecer as características dos folículos, cistos foliculares, cisto de corpo lúteo, endometrioma e teratoma.
- Conhecer os principais diagnósticos diferenciais das massas anexiais.
- Estabelecer a sequência de raciocínio para a avaliação das imagens anexiais para todos os exames.

 

Descrição do Conteúdo:
Videoaula 1: Importância da história clínica, definição de folículo, cisto folicular e cisto de corpo lúteo hemorrágico.
Videoaula 2: Definição de teratoma e suas características ultrassonográficas.
Videoaula 3: Visão geral da endometriose e critérios diagnósticos para endometriomas típicos e atípicos.
Videoaula 4: Apresentação dos principais diagnósticos diferenciais das massas anexiais e suas características ultrassonográficas.
Videoaula 5: Como organizar o pensamento diante de imagens anexiais.