fbpx
WhatsApp
+
Mensagem Enviada com sucesso
QUERO QUE ENTREM EM CONTATO Preencha os campos abaixo com seus dados

    É médico?

    Selecione a(s) especialidade(s)







    **consulte condições de compra do mês vigente

    DURAÇÃO: 3 dias (5 períodos)
    CARGA HORÁRIA: 25 horas
    UNIDADE:
    TURMA:
    DURAÇÃO: 3 dias (5 períodos)
    CARGA HORÁRIA: 25 horas
    TURMA:

    O QUE ESPERAR DO CURSO

    Ao final do curso, o aluno será capacitado a reconhecer padrões de normalidade e reconhecer patologias da coluna. O curso de Ressonância Magnética da Coluna possibilita a compreensão de imagens de RM da coluna e sua correlação com a anatomia locorregional. Além de conhecer as principais patologias encontradas na coluna, cujo diagnóstico pode ser obtido por RM. O treinamento prático é realizado por meio de análise de casos didáticos pré-selecionados e confecção de laudos detalhados

    A QUEM SE DESTINA

    Radiologistas, ultrassonografistas e residentes de radiologia

    COMO FUNCIONA O CURSO

    Faça seu curso com a qualidade em uma instituição NOTA MÁXIMA NO MEC

     

    CONHECIMENTO ALINHADO ÀS MELHORES PRÁTICAS DO MERCADO

     

     

    O curso intensivo de Ressonância Magnética de Coluna oferece ensino teórico e prático no treinamento avançado no diagnóstico de patologias da coluna por meio desse exame

    Os problemas na coluna afastam milhares de trabalhadores de suas funções todos os anos. O curso fornece conhecimentos para que o aluno consiga interpretar exames de ressonância magnética da coluna e elabore relatórios. Será possível analisar e interpretar exames comuns do dia a dia e reconhecer diferentes patologias

    Conteúdo programático
    conteúdo programático do curso

    Dia 1

    Teórica: Protocolos, patologia discal e espondiloartropatia degenerativa: aspectos anatômicos e biomecânicos das alterações degenerativas da coluna e suas principais complicações l Disco intervertebral (roturas do ânulo fibroso, abaulamentos e hérnias discais) l Alterações osteoarticulares (junção discovertebral e articulações interapofisárias) l Alterações ligamentares (ligamento amarelo e ligamento interespinhoso, alterações inflamatórias degenerativas, canal vertebral e forames intervertebrais l  Instabilidade, fraturas e miscelânea (diagnóstico diferencial entre AO, infecção, neuroartropatia, aspectos característicos da Hiperostose Esquelética Idiopática Difusa, aspectos anatômicos e biomecânicos da instabilidade lombar, anomalias transicionais, traumas mais comuns na coluna, alterações na RM da coluna do adolescente e do adulto jovem com dor lombar, abordagem radiológica das escolioses, osteocondrose da coluna, defeitos de fusão dos núcleos de ossificação dos corpos vertebrais)

    Dia 2

    Teórica : Tumores não ósseos (semiologia da avaliação dos tumores não ósseos) l Tumores extradurais primários e secundários (hemangioma e extensão extradural de tumores ósseos) l Tumores intradurais extramedulares (tumores de baínha nervosa, meningeoma e metástases) l Tumores intradurais (astrocitoma, ependimoma, hemangioblastoma e metastáses) l Lesões císticas da coluna (cisto sinovial ou ganglion cístico, cisto de interfacetárias, cisto de ligamento amarelo, cisto discal, cisto de ligamento longitudinal posterior, cisto associado à doença de Baastrup) l Cisto meníngeo (cisto meníngeo extra-dural, cisto meníngeo intra-dural, hematoma epidural, flegmão/abcesso epidural, persistência do ventrículo terminal, cisto neuroentérico, cisto dermóide, cisto epidermóide)

    Dia 3

    Teórica : Avaliação pós-operatória l Caracterização da técnica cirúrgica empregada: vias de acesso e critérios para colocação de materiais metálicos l Aplicações e indicações: o que o radiologista deve saber? l Principais materiais metálicos utilizados na avaliação pós-operatória da coluna vertebral l Critérios de avaliação de morfologia e integridade na fixação da coluna vertebral l Uso de enxertos e artrodese da coluna vertebral l Emprego de “cages”: importância biomecânica e critérios de integralização l Laminectomia x laminotomia: é possível caracterizá-las? l Complicações imediatas e tardias na manipulação cirúrgica da coluna vertebral l Importância do contraste paramagnético na diferenciação de hérnia e fibrose perineural l Análise radiológica das vertebroplastias percutâneas e suas indicações l Uso da Ressonância Magnética e Tomografia Computadorizada: técnicas para redução de artefatos

    diferenciais
    Apoio virtual

    O aluno contará com a plataforma virtual iCetrus onde são disponibilizados materiais didáticos complementares, como casos clínicos, imagens de exames, máscaras de laudos e relatórios, entre outros, relacionados ao tema do curso e que auxiliam ainda mais a fixação do conhecimento

    Embasamento Teórico

    Os conteúdos serão apresentados em aulas teóricas que contam com ampla utilização de metodologias ativas

    Coordenação

    Marcos Marins

    Ver Curriculum

    Augusto Amato Filho

    Ver Curriculum